sexta-feira, 6 de abril de 2012

A PAIXÃO DE CRISTO SEGUNDO TODOS OS HOMENS

 
 
Encenação da Paixão de Cristo na Lagoa ( foto: elaine borges - arquivo)

Há 35 anos era apresentado o espetáculo teatral nas dunas da Lagoa da Conceição, próximo a Avenida das Rendeiras, A Paixão de Cristo Segundo Todos os Homens, pelo grupo de teatro liderado por Rio Apa (*). Era um grande acontecimento. O povo se espalhava nas duas e seguia os atores, alguns deles amadores, apresentando vários momentos da vida e morte de Cristo. Havia muitos figurantes e até mesmo o povo, em algum momento, também interferia.
As várias fases da vida e morte de Cristo eram encenadas em dois dias. Na quinta-feira era a vez dos profetas/atores representarem o Velho Testamento. Na sexta-feira santa o ator no papel de João Batista anunciava a chegada do Messias. O auge do espetáculo ao ar livre acontecia na tarde de sexta-feira. A platéia - sempre se movimentando para acompanhar as cenas - se emocionava ao ouvir o sermão da montanha e mais ainda durante a crucificação.
Apresentado em Florianópolis pela primeira vez em 1977, o espetáculo nas dunas da Lagoa da Conceição foi reencenado mais alguns anos. E, como grande acontecimento teatral, marcou a vida da cidade.

(*) Rio Apa era escritor, poeta, teatrólogo...Morou com a familia (alguns filhos também eram atores) na Lagoa da Conceição. Depois foi morar na praia da Pinheira. Hoje nada sei dele.  

Um comentário:

  1. nane, que fotos mais lindas! parece até um outro mundo...

    mil beijos.

    ResponderExcluir